6.7.07

METRALHADORA QUE ASSOBIA!


Sou uma mulher encantada ao ver-te dormir. Pareces um bebé pequeno, inofensivo e frágil. Olho o teu rosto e sorrio. Esse rosto pálido. Encanta-me. Às vezes nem pareces tu quando dormes. Ficas tão doce. Ficas tão longe daquele homem agressivo que gesticula aos gritos quando a sopa está fria. Olho-te. Acaricio-te a cara. Dou-te um beijo. Deito-me ao teu lado. Contemplo o teu sono, o teu rosto e tento adormecer. Ouço a tua respiração. Ouço-te. Ouço a respiração que domina todo o quarto. O som começa a entrar-me nos ouvidos. Entras-me nos ouvidos. Começas a ressonar. Típico dos homens que bebem cerveja. Essa barriga está a ficar um pouco grande, não é? Respiras pela boca, com a boca toda aberta. Ou melhor, ressonas com a boca toda aberta. Aquele ressonar bem audível género metralhadora que intervala com um leve assobio. Esse assobio é para quem? Deve ser para alguma mini-saia que se passeia na estrada quando passas no camião. Não tens mesmo vergonha nenhuma. Nem a dormires. Nem a dormires ao lado da tua esposa deixas de mandar piropos a miúdas que podiam ser tuas filhas. Com esse ar branquinho e frágil aí a dormires e eu aqui. Abano-te. Abano-te várias vezes, a ver se deixas de ressonar. A ver se me deixas dormir em paz e sossego. Porém sempre sem sucesso. Dou-te um encontrão bem valente. Passados poucos minutos voltas à posição inicial. Abres novamente essa boca. Ligas novamente a metralhadora que assobia. E se eu te tapar a boca? Podia tapar-te a boca. Podia colocar a minha mão nessa boca suja que raramente é visitada pela escova de dentes, e abafar esse som trémulo que me ensurdece. Ainda me mordias a mão. Com a força que tu tens, em vez de dormir, íamos parar às urgências do hospital Santa Maria para levar cinco pontos na mão e ser toda cosida. És muito bruto Luís António. Se eu ligasse a televisão e a radiofonia no volume máximo, tu ganhavas em poluição sonora. E se eu te tapar a boca com uma almofada? Assim tapava-te a boca e o nariz. Evitava qualquer hipótese de sonos ensurdecedores. Mas assim também deixarias de respirar. Ainda me morrias aqui na cama completamente abafado. O que afinal até não era assim tão mau. Afinal podia dormir em modo silencioso. Assim todas as noites tinha-te aqui ao meu lado, sossegadinho a dormires como um anjinho bebé. Inocente. Calmo. Tranquilo. Sem interromperes nem perturbares o meu sono. Poder eternamente dormir em paz contemplando o teu rosto angelical nessa expressão de menino de coro a dormir. Seria perfeito. Nunca mais ter de sentir as metralhadoras que assobiam aqui na minha cama. Olha que até nem seria assim tão má ideia tapar-te essa bocarra com a almofada Luís António. O pior é que ainda acordavas e resistias. E como tens uns braços fortes, arrancavas-me a almofada das mãos e não me deixavas sufocar-te. É melhor amarrar-te os braços e as pernas à cama. Assim fico mais descansada. Devia amarrar-te para me deixares terminar o meu serviço em paz. Afinal é um bem à sociedade Luís António. À sociedade, e principalmente ao prédio. Sim, ainda ontem quando subia as escadas até este maldito quarto andar sem elevador, com as compras do mini-preço, ouvi a Dona Rosa a falar com não sei quem sobre os teus roncos. “Parece um porco em dia de matança” dizia ela. E olha que até tinha razão. Não sabia ela que o tal dia talvez fosse hoje. Também anestesiado com as dez cervejas que deves ter bebido depois dos carapaus fritos, já nem sentias nada. Era uma matança calma, tranquila e sem agitação. Calma como essa tua expressão de menino que ajuda à missa e vai sempre à catequese. Ficas Tão fofinho a dormir. Não fosse esse ronco que faz tremer as molas partidas do colchão e eras a inocência em pessoa. Mas ao fim de algum tempo ias começar a tresandar. Esse cheiro podre a cadáver, acho que me ía enojar um bocado. Talvez nem me conseguisse deixar dormir assim tão bem. Não que fosse assim tão diferente do cheiro que por norma tresanda de ti todos os dias, e vivo. Ou melhor, meio morto. Sim, porque a cambalear como vens da porta de casa até à cama, pergunto-me seriamente não serás apenas um zombie que entra aqui todas as noites só com o propósito de não me deixar dormir. Tas a ver como afinal até nem sentias nada se te tapasse com a almofada, Luís António? Mas se calhar ias começar a ficar sempre com essa expressão de parvo, de boca aberta que mais parece os buracos daquelas obras do Marquês. Mal por mal, mais vale deixar-te assim e dar-te mais um encontrão. No espaço entre cada dois encontrões voltas sempre à expressão de bebé. Puro. Inocente. Só dá mesmo vontade de ficar a contemplar-te. Ficas tão inocente. Será que todos os homens quando dormem ficam assim? Dormem, e transformam-se nuns seres preciosos, a que só apetece dizer “oh, tão gugu dada”. Gagá fico eu se não adormeço. É melhor ir dormir para o sofá da sala, enrolada à manta que comprei nos ciganos. Enrolo-me na manta com a luz do candeeiro que era da avó Cremilde acesa. Não vás tu precisar de alguma coisa a meio da noite. Cair da cama e torcer um braço por exemplo. Adormeço a recordar esse rostinho angelical de boca aberta enquanto penso onde arranjar uma metralhadora para te ganhar em poluição sonora. Mas uma das verdadeiras, daquelas que quando assobiam, fazem-no para festejar por já terem exterminado o inimigo.

20 comentários:

Gemini disse...

Bem... deves ter levado mais tempo a encontrar essas imagens todas dos Simpsons, adequadas ao contexto, do que a escrever a crónica!

pedropina disse...

é esse o teu comentario marco???

lol

por acaso demorei bué a encontrar as fotos!

eu so LOUCO plos Simpsons!

Conguitos disse...

Tb gosto imenso dos Simpsons mas o meu comentário vai para todo o post.
Em primeiro Pedro muitos parabéns o seu blog fascina-me.
É verdade que é esse ar angelico dos homens queno sfaz a nós mulheres acreditar e ter esperança que um dia o sonho torna-se realidade... mas não é vem os roncos... realidade ... abano ... ar angelicar ... sonho ... esperança .. ronco e sempre o mesmo ciclo. Será que é preferivel ver a realidade e ai ficamos sozinhas... Sem o sonho. Ou acreditar que um dia será diferente e viver os momentos intensamente?
beijinhos e bom fim de semana

pedropina disse...

mas NUNCA, nunca deixes de acreditar no SONHO menina Conguito!

Conguitos disse...

Quando não acredito é mais facil. Vivo menos intensamente é verdade mas sofro muito menos. Hoje não acredito.

o_ParaKedista disse...

Awesome!! Adorei, como sempre ;)
Abrx

pedropina disse...

mas vais voltar a acreditar... vamos fazer uma expediçao...até ao sonho! bora?

Conguitos disse...

Alguém organiza expedições dessas Pedro? Se sim diz-me onde posso encontrar.

cõllybry disse...

Não são muito do meu agrado, mas gostei de ler, e te visitar...

Bjca doce e meu rastoooooooooo

CESAR disse...

Eia meu!
És um ganda maluco (no bom sentido!)
4 blogs e todos devidamente actualizados.
Parabéns pá!
Genial esta crónica!

Abraços!

P.S. Sei que não é da minha conta. Mas quem é o Luís António?

Mike disse...

Confesso que a minha experiência de dormir com regularidade com uma pessoa não é muita. Mas recordo apenas as coisas positivas... talvez não houvesse o ressonar ou talvez os braços que me envolviam me dessem a segurança necessária para dormir profundamente. Mas o dormir sozinho é por vezes mais dificil do que "aceitar" o ressonar... e ter alguém nos braços a mim sempre me trouxe conforto.

Gemini disse...

Eih! Agora sou criticado pelos meu comments?! Ao que este mundo chegou!! LOL
O que queres? Não ressono, não sou amarelo e não bebo cerveja: sou adorável! LOL Agora a sério: como não me identifiquei com a personagem, não podia escrever melhor! Além disso: acho a escolha de imagens para ilustrar o que queres dizer muito importante e, de certa forma, estava a ilugiar-te pelo teu trabalho: bem feito e que não passou despercebido, tásse?

inperpetuum disse...

hehehe Adorei!! Principalmente esse humor já a fugir pro negro, Adoro!!!
E a forma como descreves a realidade das coisas, a maneira como a mulher o quer matar mas arranja sempre ums desculpazita ou se lembra dos momentos bons hehehehe DEMAISS!!!! xiiii

pedropina disse...

Cesar: poix digamos k o Luis Antonio anda por aí à solta a ressonar nas camas de muitas senhoras!

Marco: eu percebi k era um "ilugio" e tb ja ouvi dizer k és adoravel e perfeito...tasssss!

beleza de mulher disse...

pedrito eu adoro Simpsons aqui da todos os dias mas o meu boneco preferido é a "magui" la com a sua chupeta hehehhehehhe

boa semana

Gemini disse...

MEU DEUS! O meu português está cada vez mais miserável... é uma tristeza!

Alien David Sousa disse...

"Esse assobio é para quem? Deve ser para alguma mini-saia que se passeia na estrada quando passas no camião" lol

Que comentar aqui?

Vou só deixar um LOL
Saudações alienígenas
p.s gemini, porta-te bem!! ;)

gaohui disse...

Davidson garment is a quintessential Harley abercrombie Outlet davidson item, especially if you feature ones Harley decked abercrombie and fitch over. Featuring the whole distinctive line of leather abercrombie sale jackets, t-shirts, buckles, hats, belts, boots abercrombie & fitch and helmets, feeling of guilt reason this is abercrombie not to accessorize to max.A decent buy Harley enthusiast will abercrombie uk go in closet and grab a Harley t-shirt, leather jacket and boots. But, abercrombie london does your closet contain present accessory considering all abercrombie and Fitch Polo of? The Harley helmet. With out them your road abercrombie Polos trip could end in disaster.

Anónimo disse...

Doing the same thing for thomas sabo diamonds is going to cost you thomas sabo sale an arm and a leg as the colored diamonds thomas sabo jewellery are hard to come by. thomas sabo charms The deposit and jewelry boxes you have, thomas sabo online as well as desk and cabinets, vehicle doors and windows, sabo jewellery home and store front doors can all get ruined. thomas sabo charms sale Using a skilled locksmith you'll cheap thomas sabo charms be able to have the assurance that you get the best work that will be done right and guaranteed.All to often, discount thomas sabo charms instead of finding an automotive locksmith, thomas sabo charms clearance Washington DC residents try to take matters in to their own hands.

sad disse...

thomas sabo bracelet Some basic considerations can help a person to get the right par of shoes. Below are some of the important points that one may need to think about before getting the shoes. thomas sabo bracelets Style is not that important - majority of the people choose their tennis shoes considering only brand names and its looks. discount thomas sabo bracelet They don`t keep the importance of their feet up front most of the times. It can be a little hard to give up an awesome looking pair of shoes that matches your personality cheap thomas sabo bracelet But when it comes to the usage, they should be chosen based on their functionality. The tennis shoes that one is purchasing should be able to protect and support one`s feet ideally. thomas sabo bracelet clearance They are equally as good for keeping the water and weather away from your feet and both brands offer cheap golf shoes as well as their many expensive varieties. thomas sabo Shopping at FootJoy or Adidas can give you fashion, color, and a large line of shoes online and in stores.At any rate, be mindful of our golf game if you are a real competitor--know that shoes are the most vital part of your golfing attire. discount thomas sabo You need to shop around, compare prices. And get the most for your money. thomas sabo sale uk That doesn't mean you should opt for a pair of discount shoes that also have cheap quality. What would be the point of purchasing a shoe that is not comfortable to wear. thomas sabo jewellery If you care anything about your success in golfing, shop around. thomas sabo silver The Heel Box - it is an important part of the shoes.