28.4.07

O TESTE DE FIDELIDADE





Tinhas ido para o Porto, a trabalho. Se é que se pode chamar a isso trabalho. Um desfile de moda, um jantar e a seguir uma festa. O meu melhor amigo tinha ficado incumbido de te vigiar para perceber se não irias ter tentações de me trair, ou pelo menos perceber o modo como de comportavas. Assim género Big Brother, mas sem câmaras, e com relatórios diários ao final do dia. The big friend is watching you. Nessa noite tu perguntaste-lhe se ele não teria um amigo para levar também à festa. Ele falou-te do Rui. O Rui, que era conhecido por ser a cama mais rodada da cidade nortenha, tinha estado um mês antes em minha casa e tinha ouvidos os meus desabafos, e que não acreditava na tua fidelidade. Aconselhou-me a acabar a nossa relação. Assim género Lídia Franco a apresentar o All You Need Is Love, mas ao contrário. Assim que o Rui chegou ao Jantar de encerramento do desfile não tiraste os olhos dele. Piscavam os olhos, insinuavam-se. Até se devem ter empernado por debaixo de mesa. Qualquer coincidência com o Instinto Fatal é mera coincidência. Claro que esta era a hora perfeita para uma ida ao confessionário, e para um relatório do meu melhor amigo, mas não o fez. No início da festa ainda lhe perguntaste se ele era fácil, e levaste a resposta que alguém com vontade de trair deseja ouvir. Dançaram juntos. A vodka limão e redbull aproximavam-te ainda mais a ele e quando o meu melhor amigo percebeu que facto te tinha dado asas, simplesmente respondeu: “Eu não estou a ver nada!” A discoteca toda deve ter percebido que ias pra a cama com ele e que de fiel tinhas muito pouco, mas infelizmente parece que ninguém tinha como ir de emergência ao confessionário fazer relatórios. Pouco antes de chamares um táxi, o Rui foi ter com o meu melhor amigo e confessa-se: “ Lembraste de quando tu me contaste que uma vez tinhas sugerido insinuares-te para perceberes a sua fidelidade? Não é preciso. Já percebi que de fiel tem muito pouco e quer ir para a cama comigo. Estou eu a fazer-lhe esse teste e está a falhar redondamente.” Claro que quando tu chamaste o táxi já tinhas reprovado no teste, portanto estava na hora da primeira nomeação, se não tivesses já direito a expulsão de emergência. Mas o Rui, que é um rapaz muito incrédulo e discípulo de São Tomás entrou no táxi e acompanhou-te até ao hotel. Claro que quando chegaram ao hotel, mesmo antes de entrarem no teu quarto, tinhas claramente chumbado o teste como aqueles chumbos pretos a arder que os dentistas queimavam antigamente na boca. Estaria evidentemente na hora de uma segunda nomeação. E num jogo com quatro participantes, sendo que um dos quais tinha pleno desconhecimento da existência do mesmo – que era eu – e já tinhas duas nomeações, parece que a coisa não estava mesmo a teu favor. Mas o Rui que é daqueles rapazinhos que gosta mesmo de ter a certeza das coisas, e que não gosta de julgar de ninguém levou a coisa até ao fim. Entraram no quarto. Enrolaste-te a ele aos beijos. Sugaste-o como um aspirador. E claro que a próxima cena é a cena preferida do espectador atendo. A cena da cama. Não existe espectador de reallity show que perca esse episódio. No final da cena tinhas conquistado a tua terceira nomeação, e como à terceira é de vez, e nisso o grande público é soberano, acabavas de merecer a tua grande expulsão por finalmente o Rui ter percebido que tinhas mesmo chumbado no teste e me tinhas mesmo traído. Claro que até o grande público já tinha percebido isso desde o genérico inicial, mas como diria alguém: “ Isso agora, não interessa nada!” Parece que depois do acto propriamente dito disseste o meu nome e pediste o isqueiro ao Rui. Ele respondeu-te que eu estava em Lisboa. Tu não comentaste. O Rui confrontado com as três nomeações responde: “Eu queria mesmo ter a certeza até que ponto essa pessoa era capaz de chegar!” Ao que eu respondo: “Tu querias mesmo era mandar uma queca no último piso do Hotel Sheraton!” O meu melhor amigo, quando lhe telefono, diz-me que afinal estava com sono e não foi à festa. Telefona-me dois dias depois começando com o típico: “ Senta-te, que eu tenho uma coisa para te contar!” A ti, não te confronto com toda esta situação porque não faço o género de ir ao sábado à noite com um ramo de rosas encarnadas insultar-te à frente de dez milhões de portugueses. Mas realmente segundo o meu conceito de fidelidade, chumbaram os três. Porque se me tivessem consultado ou perguntado a minha opinião sobre esses vossos testezinhos de vodka à noite, tinha-vos respondido que quando me fazem testes, sobretudo de contas de somar, seja em que posição for, para mim um mais um, são sempre dois.


(os três já estão perdoados!)

9 comentários:

Denise disse...

Olha que às vezes em qualquer posição e longe daquilo que parece normal 1+1 pode dar 3...!

Perdoar? Q havia para perdoar? Somos livres não é? Então o perdão dos outros não vale de nada. Somos nós que temos de nos perdoar...!*

pedropina disse...

e axas k eu devia perdoar-me a mim....de k? hum.. de acreditar demasiado nas pessoas??

Nuno disse...

Deixo aqui o meu mail... Gosto do blog vou passar a frequentar... nunito_6_7_6@hotmail.com (fiz o mail qd tinha 9 anos daí ser assim tipo.......infantil)

Denise disse...

Não. Se foste tu a vítima não tens de perdoar ninguém. Nem a ti. Não há nada para perdoar entendes? Faço-me entender?!


Um dia um professor de filosofia disse-me : "Ser traído não é vergonha. O traído não tem culpa de nada. Não tem de perdoar nada. A vergonha é para quem traí e deve viver com essa vergonha para sempre."

Agora tu é que sabes...
Beijinhos*

p.s. Tou em falta cntg...já te vou enviar um e-mail...ontem fikei sem net..!

pedropina disse...

entendo xim xenhor, mas opah...a do meu melhpr amigo foi complikado... mas k historias bizarras k me acontecem...

pedropina disse...

nuno: eu kdo tinha 9 anos nao sabia o k era um pc nem internet...

mudam-se os tempos....

gaohui disse...

Davidson garment is a quintessential Harley abercrombie Outlet davidson item, especially if you feature ones Harley decked abercrombie and fitch over. Featuring the whole distinctive line of leather abercrombie sale jackets, t-shirts, buckles, hats, belts, boots abercrombie & fitch and helmets, feeling of guilt reason this is abercrombie not to accessorize to max.A decent buy Harley enthusiast will abercrombie uk go in closet and grab a Harley t-shirt, leather jacket and boots. But, abercrombie london does your closet contain present accessory considering all abercrombie and Fitch Polo of? The Harley helmet. With out them your road abercrombie Polos trip could end in disaster.

Anónimo disse...

Doing the same thing for thomas sabo diamonds is going to cost you thomas sabo sale an arm and a leg as the colored diamonds thomas sabo jewellery are hard to come by. thomas sabo charms The deposit and jewelry boxes you have, thomas sabo online as well as desk and cabinets, vehicle doors and windows, sabo jewellery home and store front doors can all get ruined. thomas sabo charms sale Using a skilled locksmith you'll cheap thomas sabo charms be able to have the assurance that you get the best work that will be done right and guaranteed.All to often, discount thomas sabo charms instead of finding an automotive locksmith, thomas sabo charms clearance Washington DC residents try to take matters in to their own hands.

Anónimo disse...

rbcm giozj xxx vjnpdt y et f kdn